Programa de Pós-Graduação em Neurociências

Laboratório de Neurobiologia do Desenvolvimento

Responsável: Profa Adriana da Cunha Faria Melibeu
Endereço: Departamento de Neurobiologia Sala 201, Instituto de Biologia. Universidade Federal Fluminense.Outeiro São João Batista s/n, sala 201. Campus Valonguinho – Centro – Niterói – RJ.
Tel: +5521-26292267 Fax: +5521-26292327
E-mail: acfmelibeu@id.uff.br; acfmelibeu@gmail.com
Histórico e Objetivos: 
Nosso grupo possui duas linhas de pesquisa focadas no estudo do papel fisiológico de proteínas e circuitos afetados por duas das principais doenças neurodegenerativas – Mal de Alzheimer (AD) e Doença de Parkinson (PD). A primeira tem como objetivo avaliar a expressão e modulação da proteína precursora amilóide no colículo superior de roedores em diferentes condições experimentais, como na plasticidade induzida por enucleação monocular e, após diferentes tratamentos farmacológicos, dentro e fora do período crítico com o intuito de estabelecer correlações entre os eventos que permeiam o desenvolvimento e a plasticidade sináptica e a expressão da APP e de seus metabólitos no sistema visual. A segunda visa compreender as alterações dopaminérgicas e colinérgicas que ocorrem durante o curso da PD, através de analises anatômicas, moleculares e comportamentais em modelo de lesão por injeção de 6-hidroxidopamina (6-OHDA).
Linhas de Pesquisa:
1) Modulação do processamento da proteína precursora amiloide (APP) no sistema visual de roedores durante o desenvolvimento e na plasticidade induzida.
Projetos:
– Expressão da proteína precursora do amilóide no colículo superior de ratos submetidos à enucleação monocular
– Papel da administração de nicotina na expressão da APP no colículo superior de ratos. –
– Influência da Modulação Serotoninérgica na Expressão e Processamento da APP no Colículo Superior de Ratos em Desenvolvimento e em Modelo de Plasticidade Induzida
2) Avaliação temporal das alterações neuroquímicas em animais modelo da Doença de Parkinson
Projeto: Avaliação Temporal das Alterações Dopaminérgicas e Colinérgicas em Modelo da Doença de Parkinson
Técnicas Utilizadas: 
Técnicas neuroanatômicas (utilização de traçadores neuroanatômicos), Tratamento Local com Implante de Elvax, Técnicas histoquímicas, Imunohistoquímica e Imunofluorescência, Western blot, Coimunoprecipitação, Cultura de células, Neurocirurgia estereotáxica
Equipe:
Doutorado: Juliana Ferreira Vasques (CAPES-REUNI) e Renata Guedes de Jesus Gonçalves (CAPES-REUNI)
Mestrado: Ana Carolina de Moraes Neves Fernandes (CAPES)
Iniciação Cientifica: Alessandra Carvalho Nogueira (bolsista – CNPq), Luciana Magalhães Leo (bolsista FAPERJ)
Técnico: Maria da Conceição Paiva Silva (Química), Maria Leite (Auxiliar de Laboratório), Arnaldo de Sá Geraldo– Bioterista, Fabio Otero Ascoli – Médico Veterinário – UFF
Professores Colaboradores:
Claudio A. Serfaty, Prof. Associado III – Prog. Neurociências – UFF; Profa Paula Campello Costa, Prof Associado II – UFF; ProfaPriscilla Oliveira Silva, Profa. Adjunto II – Prog. Neurociências – UFF; LucianneFragel Madeira, Profa. Adjunto II – Prog. Neurociências – UFF; Prof Alfred Sholl-Franco, do IBCCF -UFRJ; Dr Nilson Nunes Tavares – IBCCF – UFRJ; Prof Ricardo Reis – UFRJ; Prof Manuel Gustavo Leitão Ribeiro ( UFF).
Translate »